Pesquisa personalizada

quinta-feira, 3 de março de 2011

Onde está o semeador?

               Se queremos uma igreja envolvida em missões, precisamos que a obra missionária seja marcada pela esperança. 

               "E ensinava-lhes muitas coisas por parábolas e lhes dizia na sua doutrina: Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear". (Marcos 4, versículos 2 e 3). 

                 Jesus contou uma parábola que falava da semente, da terra e também falava do semeador. Jesus ensinava-lhes muitas coisas junto ao mar aonde se ajuntou uma grande multidão, de sorte que Ele entrou e assentou-se num barco, sobre o mar; e toda a multidão estava em terra junto do mar. É este o relato do evangelista Marcos. "Eis que o semeador saiu a semear". Indiferente a tantos que por certo o ignoravam, e até zombavam dele, o semeador saiu a semear. Não sabemos em que hora do dia ou em que circunstância ou condição, mas sabemos que ele saiu a semear. Independente de elogios ou críticas, muitas delas azedas e injustas, é preciso semear. Mesmo diante das intempéries a que sair ao campo e espalhar a semente que não é nossa, mas alguém a depositou em nossas mãos. Se não houver semeadura não haverá ceifa, não haverá produção e riqueza, não haverá recompensa. 

                   "O que semeia, semeia a palavra", versículo 14. Porém esta mesma semente cai em diversos lugares, terremos vários e, portanto, nem sempre consegue nascer e produzir. Aquelas que caem junto do caminho são comidas pelas aves do céu. Aquelas que caem sobre pedregais, onde não há terra suficiente, nascem logo, mas com o calor do sol se queimam porque não tem raiz e se secam. Ainda há outras que caem entre os espinhos, crescem, mas são sufocadas e não conseguem dar frutos. Entretanto há outras que caem em boa terra e dão frutos a trinta, sessenta e cem por um. As mesmas sementes foram jogadas com o mesmo carinho e dedicação, porém com destinos diferentes e a maioria se perde sufocadas e estranguladas pelas adversidades. Entretanto, a Palavra de Deus não voltará vazia,como disse o profeta Isaias no capítulo 55, versículo 11. A semente é a Palavra de Deus: "O que semeia, semeia a palavra". A terra onde ela é semeada é o coração humano, mas quem é o semeador? A esta pergunta todos responderão que é quem prega a palavra, quem leva a semente e a lança na terra. A resposta é simples, direta e objetiva, mas repito: quem é o semeador? Onde ele está? Jesus, certamente, o procura, embora saiba onde ele está. O semeador tem a semente nas mãos, recebeu este talento, mas onde ele está? Para semear é preciso sair, mas muitos consideram isto cansativo e para muitos é inutil. Há coisas melhores e mais gratificantes para fazer do que ficar por aí semeando e literalmente "perdendo o tempo". Sou do tempo em que ainda se pregava ao ar livre, se fazia visitas, batia de porta em porta, entregava folhetos... Hoje está dificil até pregar dentro das igrejas, pois a maioria prefere cantar, cantar e cantar. Onde está o semeador? Podemos ouvir o gemido e o grito das almas e sentir a sua ansiedade e a sua fome. Temos a semente nas mãos, temos o alimento conosco. A terra está sedenta e faminta, seca e desejosa. Ela aguarda a semente que após ser lançada e regada poderá germinar, nascer, crescer e produzir frutos a trinta, sessenta e a cem por um. "E os que recebem a semente em boa terra são os que ouvem a palavra e a recebem, e dão fruto, um a trinta, outro a sessenta, outro a cem, por um". (Marcos 4. 20). A pergunta continua soando e não quer se calar: ONDE ESTÁ O SEMEADOR?


Pr. Sandoval dos Reis
Pastor da Assembleia de Deus em Lapão 

Um comentário:

  1. Gostei muito do blog,que a Paz do Senhor esteja com todos vocês,desde já convido vocêa para entrarem a seguirem meus dois blogs da Igreja batista de Loanda:igrejabatistadeloanda.blogspot.com-e osbatistasdeloanda.zip.net.Obrigado,e continuarei lendo o seu blog,muito interessante e dificante.

    ResponderExcluir